Voltar

Notícias

Economizar energia elétrica é possível

Especialista ensina como transformar hábitos antigos em atitudes simples e econômicas.

18 de janeiro de 2017

Economizar energia elétrica é possível

Um novo ano se inicia e com ele muitas promessas de mudança de costume. Em tempos de preços altos e dificuldades financeiras, economizar energia elétrica passa a ser uma destas atitudes. O engenheiro elétrico da A3E Engenharia, Jacir Vicente Werle,  explica que transformar hábitos ruins em atitudes simples e econômicas é fácil e não exige muito esforço, apenas dedicação e cuidado.
A primeira atitude a ser tomada é substituir os aparelhos eletrônicos antigos por aparelhos novos e eficientes, com o selo do INMETRO. “Sabe aquela máquina de lavar que você já tem há muitos anos, na maioria das vezes, estes aparelhos consomem muito mais energia do que os mais novos, e por isso, substituí-los é uma boa alternativa”, esclarece Werle. No caso das lâmpadas incandescentes, elas são vilãs da economia: gastam 90% da energia que consomem gerando calor e apenas 10% para gerar luz, por isso, a dica é dar preferência por lâmpadas de LED ou Fluorescentes, que economizam um bom dinheiro em longo prazo, já que duram mais e consomem menos.
Outra atitude importante é desligar o computador do tipo desktop se não for utilizá-lo dentro de uma hora, já que estes modelos costumam consumir bastante energia elétrica, sendo comparável ao consumo de uma máquina de lavar. “Ao deixar ele ligado 24h por dia, você gasta mais energia e pode acabar estressando as peças delicadas, que correm o risco de estragarem mais rápido. Assim, se não for usar por um tempo, desligue o computador”, avisa. O engenheiro ainda alerta para evitar usar a função stand-by ou modo espera dos aparelhos, porque apesar de não parecer o equipamento está consumindo energia e dependendo da quantidade de aparelhos ligados, a diferença pode ser considerável no fim do mês. Por isso, a indicação é desligar da tomada aqueles que não são utilizados diariamente.
Para aqueles que não conseguem dormir sem a televisão ligada é importante informar que de 5% a 15% do consumo total de uma residência é causado pelo televisor, assim, antes de dormir, a sugestão é ativar a função timer para que o televisor desligue automaticamente, o que evita que ele permaneça ligado a noite toda. Outra situação é a do ar condicionado. “Por ficar ligado o tempo todo em temperaturas baixas é um dos grandes vilões também. Por isso, uma maneira de economizar é utilizar ele no máximo para gelar o ambiente, e depois equilibrar em uma temperatura confortável, acima dos 21º graus. Isso facilitará o bem estar e inclusive a saúde de quem está no ambiente”, destaca.
Também é importante ressaltar o uso de tecnologias novas em ar condicionados e refrigeradores inverter, já que esses aparelhos podem gerar uma economia de energia que supera os 30%, embora seus preços sejam 80% maior  que um aparelho convencional, dependendo do uso, essa diferença pode ser amortizada em um ano com a economia de energia. O maior custo destes bens não está no valor de compra e sim no consumo de energia ao longo de sua vida de operação, desta forma a economia é muito maior.
Outra dica importante de acordo com Werle é aproveitar ao máximo a luz natural. Além de ajudar na economia permite deixar a casa ainda mais confortável. Por isso, normalmente arquitetos e engenheiros sugerem abusar de janelas amplas e paredes em tons claros que ajudam a iluminar o ambiente. “Estas são atitudes simples e fáceis que ajudam a economizar energia e ainda tornar toda a casa ou estabelecimento ainda mais sustentável”, destaca Werle.