Voltar

Notícias

Nova ferramenta deve garantir segurança nas operações com boletos bancários

03 de janeiro de 2018

Nova ferramenta deve garantir segurança nas operações com boletos bancários

A partir desta terça-feira (2) começou a funcionar uma nova ferramenta que garantirá a segurança nas operações com boletos bancários: a Boleto Protegido. Atualmente os boletos bancários são extremamente importantes para os negócios e para a economia, sendo que as principais transações comerciais do Brasil envolvem esse tipo de operação. Estima-se que sejam emitidos, anualmente, cerca de quatro bilhões de boletos em todo o país. Porém, o número de golpes envolvendo os mesmos é comum no meio corporativo, causando inúmeros transtornos e prejuízos para empresas e consumidores.

Um dos sócios do projeto, o administrador e consultor empresarial Flávio Paim, contou que conceitualmente, a Boleto Protegido é uma fintech de tecnologia disruptiva, concebida para proporcionar ao mercado segurança e transparência nas operações com boletos bancários. Os termos fintech é utilizado para definir negócios, ideias e serviços que se utilizam da tecnologia para resolver problemas financeiros; e, disruptiva é basicamente, a inovação que vem para transformar o mercado, “romper” com o estabelecido. A ideia, segundo ele, foi desenvolvida a partir do número crescente de fraudes em boletos bancários, um problema muito sério, que afeta o cotidiano das pessoas e empresas brasileiras todos os dias. “Essas fraudes geram inúmeros prejuízos e transtornos para a sociedade brasileira e crescem ano após ano. A gravidade desse tema fez inclusive com que os bancos desenvolvessem uma nova ideia, a de registrar todos os boletos bancários do Brasil, de forma gradual. Porém, ocorre que estas fraudes estão cada vez mais sofisticadas e envolvem, comumente, boletos registrados. Por isso veio a pergunta: como ter certeza que o boleto que tenho em mãos é autêntico?”, questionou.
A resposta, segundo Paim, é a sua nova ferramenta, uma tecnologia inovadora e revolucionária, única no país, patenteada no INPI, que permite que os emitentes de boletos possam proporcionar aos seus clientes segurança e transparência quanto à autenticidade e veracidade do boleto. A tecnologia Boleto Protegido realiza a autenticação dos boletos através do CNAB e do Certificado Digital (E-CNPJ/E-CPF) do emitente. Através de um portal de internet será possível que os clientes verifiquem e autentiquem os boletos que tem em mãos ou em suas caixas de e-mail, de forma simples, prática, segura e gratuita para quem consulta. Uma forma fácil e rápida, sem complicar o processo de quem emite boletos e de quem deseja consultar os mesmos.
A tecnologia já está disponível. Interessados devem procurar mais informações no endereço: www.boletoprotegido.com.br.